A Budweiser adaptou seus anúncios sexistas dos anos 50 e 60 até 2019

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, a Budweiser, em colaboração com a VaynerMedia, decidiu revisitar alguns de seus anúncios da época passada, que continham alguns comentários um tanto sexistas. Os anúncios sugeriam que tudo o que as mulheres faziam era para agradar aos homens, com pouca atenção para si mesmas. No entanto, graças ao esforços de feministas em todos os lugares, esse não é mais o caso e as mulheres são livres para serem elas mesmas sem buscar a aprovação masculina - e a Budweiser decidiu mostrar exatamente isso.

Em meados do século passado, esperava-se que as mulheres obedecessem a certos papéis de gênero ao crescer. E esses tipos de anúncios sexistas apenas ajudaram a reforçá-los. Mesmo que hoje em dia esses papéis de gênero estejam cada vez menos implícitos, ainda há um longo caminho a percorrer para se livrar totalmente deles.

Mais informações: budweiser.com | h / t: Panda Entediado



Consulte Mais informação

1956

Créditos da imagem: Budweiser

2019

Créditos da imagem: Budweiser

Esperava-se que a mulher perfeita na década de 1950 fosse uma ótima mãe que cuidava da casa e dedicava todo o seu tempo para agradar o marido. Muitos anúncios da época reforçavam esse estereótipo - especialmente anúncios de cerveja e cigarro.

A Budweiser decidiu se distanciar desse tipo de comportamento e com a ajuda das ilustradoras Heather Landis, Nicole Evans e Dena Cooper redesenharam os anúncios para mostrar uma família onde ambas as partes são iguais, livre dos papéis de gênero atribuídos.

1958

Créditos da imagem: Budweiser

2019

Créditos da imagem: Budweiser

Slogans sexistas como “Ela descobriu que se casou com dois homens” foram substituídos por outros mais fortalecedores, como “Ela descobriu que tem tudo”. Além disso, os anúncios não implicam mais na existência de um 'homem da casa' - é uma família que resolve seus problemas juntos, como uma equipe.

1962

Créditos da imagem: Budweiser

2019

que es un sujetador de bala

Créditos da imagem: Budweiser

Os anúncios recriados fazem parte da iniciativa #SeeHer - campanha criada pela Associação de Anunciantes Nacionais, que visa melhorar a forma como os gêneros são retratados na mídia. E embora ainda haja um longo caminho a percorrer, com apenas 61% dos anúncios retratando mulheres positivamente, esforços como esses são o que ajudam a aumentar esse número.

A campanha é parte de uma parceria de longo prazo com a iniciativa “#SeeHer” da Association of National Advertisers, que visa melhorar a forma como as mulheres são retratadas em todos os meios de comunicação e publicidade. Definitivamente, há mais diversidade, precisão e respeito no retrato das mulheres em comparação com a metade do século XX, mas de acordo com os dados da #SeeHer que a Budweiser está incluindo nos anúncios da campanha, apenas 61% dos anúncios retratam mulheres positivamente.